segunda-feira, 26 de Outubro de 2009

I Gotta Feelin

I gotta feelin
That tonight's gonna be a good night
That tonight's gonna be a good night
That tonight's gonna be a good good night
Tonight's the night
Let's live it up
I got my money
Let's spend it up
Go out and smash it
Like Oh My God
Jump off that sofa
Let's get get off
I know that we'll have a ball
If we get down and go out
And just loose it all
I feel stressed out
I wanna let it go
Let's go way out spaced out
And loosing all control
Fill up my cup
Mazal tov
Look at her dancing
Just take it off
Let's paint the town
We'll shut it down
Let's burn the roof
And then we'll do it again
Let's do it
Let's do it
Let's do it
Let's do it
And do it
And do it
Let's live it up
And do it
And do it
And do it, do it, do it
Let's do it
Let's do it
Let's do it 'cuz
I gotta feelin
That tonight's gonna be a good night
That tonight's gonna be a good night
That tonight's gonna be a good good night (x2)
Tonight's the night
Let's live it up
I got my money
Let's spend it up
Go out and smash it
Like Oh My God
Jump off that sofa
Let's get get off
Fill up my cup (Drink)
Mazal tov (Le chaim)
Look at her dancing (Move it Move it)
Just take it off
Let's paint the town
We'll shut it down
Let's burn the roof
And then we'll do it again
Let's do it
Let's do it
Let's do it
Let's do it
And do it
And do it
Let's live it up
And do it
And do it
And do it, do it, do it
Let's do it
Let's do it
Let's do it, do it, do it
Here we come
Here we go
We gotta rock
Easy come
Easy go
Now we on top
Feel the shot
Body rock
Rock it don't stop
Round and round
Up and down
Around the clock
Monday, Tuesday
Wednesday and Thursday
Friday, Saturday
Saturday and Sunday
Get get get get get with us
You know what we say
Party every day
Pa pa pa Party every day
And I'm feelin
That tonight's gonna be a good night
That tonight's gonna be a good night
That tonight's gonna be a good good night
I gotta feelin
That tonight's gonna be a good night
That tonight's gonna be a good night
That tonight's gonna be a good good night
Black Eyed Peas

sexta-feira, 23 de Outubro de 2009

Hoje

Recordar o passado, mas ao mesmo tempo viver o presente... a pensar no futuro... afinal é mesmo assim que me "sinto"!!!

terça-feira, 20 de Outubro de 2009

When You Say Nothing At All


It's amazing how you can speak right to my heart
Without saying a word, you can light up the dark
Try as I may I can never explain
What I hear when you don't say a thing

The smile on your face
Lets me know that you need me
There's a truth in your eyes
Saying you'll never leave me

The touch of your hand
Says you'll catch me wherever I fall
You say it best when you say nothing at all
All day long I can hear people talking out loud
But when you hold me near,
You drown out the crowd (drown out the crowd)
Try as they may they could never define
What's been said between your heart and mine

The smile on your face
Lets me know that you need me
There's a truth in your eyes
Saying you'll never leave me

The touch of your hand
Says you'll catch me wherever I fall
You say it best when you say nothing at all
(You say it best when you say nothing at all
You say it best when you say nothing at all...)

The smile on your face,
The truth in your eyes,
The touch of your hand,
Let's me know that you need me
Ronan Keating

domingo, 18 de Outubro de 2009

"Casal Alberto"

Está a decorrer o festival de teatro “As Máscaras”
até dia 28 de Novembro.
Fomos assistir à peça “Casal Alberto” de Dário Fo.
Uma boa interpretação da Karina Leite e do Evaristo Queirós.
“Os pecadores de Payton Place”, um livro ou uma cidade?... É aí que este espectáculo começa, e não sei se a peça literária começa aí também? Nos “loucos anos 50” ; “the beat generation” ; o jazz; os blues; o twist; o chá-chá-chá; o swing; os cheiros cegos de Buenos Aires e o Tango. Chamavam-se todos por música. O livre sexo; virgens anónimas; casais solteiros; casais absolutamente casados; suicídios; suicidados; católicos; românicos; apostólicos; árabes; harishems; hindus; haxichens; afogados; budistas; expulsados; flower powers. Onde está a minha filha? E nós num planeta simples:
( Um casal quarentão em ruptura. Não matam as criancinhas de 20 anos porque elas não estão em casa…
Entretanto… como não têm onde se consumir, desconstróem-se…)
Transformando este texto satírico , numa grande brincadeira.
Ou seja? Numa tragédia.

Assador Típico@Porto

O motivo do jantar era triste, uma vez que era a despedida de colegas do trabalho,
mas rapidamente se transformou numa noite divertida…

Com música ao vivo o Artista Teófilo Granja (um verdadeiro Toni)
cativou os presentes no restaurante Assador Típico, no Porto.

“Foi Amor” foi o tema de eleição dos presentes...

e a noite acabou numa grande animação!!!


quinta-feira, 15 de Outubro de 2009

A complexidade do conselho

“Façam favor de ser felizes”
Raul Solnado

quarta-feira, 14 de Outubro de 2009

Dia "D"

É muito difícil gerir as emoções quando a empresa onde trabalhamos passa por um processo de despedimento colectivo.
É mais difícil ainda conter as lágrimas quando, à saída, nos apercebemos que há colegas com quem trabalhamos durante treze anos, já não vão voltar. Colegas não, Amigos. Passamos mais tempo com eles do que com a nossa família.
Hoje vi pessoas de quem gosto, pessoas que respeito, boas pessoas, a amortecerem nos gestos a terrível ideia de estarem sem emprego.
Pessoas com valor e outras que têm o mérito de trazer algo de novo ao nosso dia-a-dia. Miúdo(s)...
Que este foi, o último dia.
O dia de hoje… (D)ificil

segunda-feira, 12 de Outubro de 2009

Um Raio de Luz Ardente

És um raio de luz
Na minha vida
Um pequeno e bom raio de luz
Na minha vida
E essa luz clara e branca que tens,
é que ilumina
Todos os passos que me levam até ti

És mais quente que o sol
Quando amanhece
Brilhas mais do que as estrelas do céu
Quando anoitece
E esse raio de luz que tu és
Nunca se esquece
De iluminar cada momento para mim

Abraçar-te por fim
Por muitos anos
Devolvendo à realidade o que sonhámos
Desejava dedicar-me assim
Por muitos anos
E nunca mais renunciar a este amor

Deixa-me ser como tu
Um raio de luz ardente
Deixa-me ser como tu és
Luz e Amor somente

Eu queria ser como tu
E abraçar-te contente
Numa só esfera de luz
Eternamente presente
Madredeus
Composição: Pedro Ayres Magalhães

Boa Semana

quarta-feira, 7 de Outubro de 2009

Estou Cansado(a)

Estou cansado, é claro,
Porque, a certa altura, a gente tem que estar cansado.
De que estou cansado, não sei:
De nada me serviria sabê-lo,
Pois o cansaço fica na mesma.
A ferida dói como dói
E não em função da causa que a produziu.
Sim, estou cansado,
E um pouco sorridente
De o cansaço ser só isto —
Uma vontade de sono no corpo,
Um desejo de não pensar na alma,
E por cima de tudo uma transparência lúcida
Do entendimento retrospectivo…
E a luxúria única de não ter já esperanças?
Sou inteligente; eis tudo.
Tenho visto muito e entendido muito o que tenho visto,
E há um certo prazer até no cansaço que isto nos dá,
Que afinal a cabeça sempre serve para qualquer coisa.
Álvaro de Campos

terça-feira, 6 de Outubro de 2009

O Comboio da Vida

Para Ti, que és parte do meu comboio,
desejo-te
uma Viagem Feliz...

Game Over...

But was I playing?!
I don´t know how to play!
Can you please restart
Where´s the play?!
Was I playing?
Game over!
What that mean?!
Is this stop?
Is this pause?
What game is this?!
I don´t know how to play
I don´t want to know…

“…and I’m losing my favourite game
you’re losing your mind again…
losing my favourite game…”
The Cardigans

segunda-feira, 5 de Outubro de 2009

Segredo

“Mas será que o que tu querias ontem ainda é o mesmo que hoje queres ter?
Não vale a pena lamentar aquilo que ficou por fazer
Chorar o passado é deitar tudo a perder
Porque tudo o que eu quero está guardado cá dentro
Se o silêncio é de ouro guarda bem o segredo
Não importa o ponto de partida nem sequer seguir a seta
O que conta é o que vês no caminho, mesmo não cortando a meta…”
Dogma

sexta-feira, 2 de Outubro de 2009

Friday I'm In Love

I don't care if monday's blue
Tuesday's grey and wednesday too
Thursday i don't care about you
It's friday i'm in love
Monday you can fall apart
Tuesday wednesday break my heart
Thursday doesn't even start
It's friday i'm in love
Saturday wait
And sunday always comes too late
But friday never hesitate
I don't care if monday's black
Tuesday wednesday heart attack
Thursday never looking back
It's friday i'm in love
Monday you can hold your head
Tuesday wednesday stay in bed
Oh thursday watch the walls instead
It's friday i'm in love
Saturday wait
And sunday always comes too late
But friday never hesitate
Dressed up to the eyes
It's a wonderful surprise
To see your shoes and your spirits rise
Throwing out your frown
And just smiling at the sound
And as sleek as a shriek
Spinning round and round
Always take a big bite
It's such a gorgeous sight
To see you eat in the middle of the night
You can never get enough
Enough of this stuff
It's friday
I'm in love
I don't care if monday's' blue
Tuesday's gray and wednesday too
Thursday's i don't care about you
It's friday
I'm in love
Monday's you can fall apart
Tuesday's,wednesday's break my heart
Thusrday's doesn't even start
It's friday
I'm in love
The Cure

quinta-feira, 1 de Outubro de 2009

Dia Mundial da Música



Music was my first love
And it will be my last

Music of the Future

and Music of the Past
(John Miles, "Music")

Hold Still

In this little town
cars they don't slow down
The lonely people here
They throw lonely stares
Into their lonely hearts I watch the traffic lights
I drift on Christmas nights
I wanna set it straight
I wanna make it right
But girl you're so far away

Oh, hold still for a moment and I'll find you
I'm so close, I'm just a small step behind you girl
And I could hold you if you just stood still

I jaywalk through this town
I drop leaves on the ground
But lonely people here
Just gaze their eyes on air
And miss the autumn roar
I roam through traffic lights
I fade through Christmas nights
I wanna set it straight
I wanna make it right
But man you're so far away

Oh, I'll hold still for a moment so you'll find me
You're so close, I can feel you all around me boy
I know you're somewhere out there

I know you're somewhere out there
Oh, hold still for a moment and I'll find you
You're so close, I can feel you all around me
And I could hold you if you just stood still
Oh, I'll hold still for a moment so you'll find me
I'm so close, I'm just a small step behind you

I know you're somewhere out there
I know you're somewhere out there
I know you're somewhere out there
David Fonseca ft Rita Red Shoes

segunda-feira, 28 de Setembro de 2009

dia triste

hoje foi um dia triste,
uma vez que foi despedido mais um colega de trabalho...

@diversão

sexta feira, dia de sair com os amigos,
com uma passagem pelo XL (como de costume)
e pelo Armazém do Chá
No sábado depois de um excelente dia de praia, fomos para o XL ver o meu Sporting perder :(, e no final da noite assistimos a 3 bandas no parque do Bar tolo meu e ainda houve tempo para passar pelo Sessenta e Fica Bar

Grandes noites com muita diversão e rodeada de amigos!!!

quinta-feira, 24 de Setembro de 2009

Os Homens que Odeiam as Mulheres

Ontem fui com a R à antestreia do filme baseado no 1º volume da trilogia de culto "Millennium" do Sueco Stieg Larssons, o bestseller
Os Homens que Odeiam as Mulheres.

Mikael Blomkvist é um jornalista de meia-idade, divorciado, que tem passado a sua vida a denunciar a corrupção do mundo dos negócios de Estocolmo na sua revista Millennium.

Quando Henrik Vanger, um poderoso empresário, o convida para um trabalho de investigação, Mikael tem nas mãos material irrecusável. Mas para sua surpresa descobre que, desta vez, esse material não tem nada a ver com escândalos financeiros, mas com o desaparecimento da sobrinha do empresário, Harriet, há 36 anos atrás, num encontro de família.Com a ajuda da sua nova e rebelde parceira, Lisbeth Salander, uma hacker de alto nível com problemas de comportamento social, irão desvendar muitos segredos da família de Henrik, até então escondidos na penumbra.

“As pessoas têm sempre segredos. É uma questão de os descobrir”

Lisbeth Salander

Acredito que apareça uma versão americana...

Um cheirinho do 2º volume da viciante trilogia Millennium, de Stieg Larsson

terça-feira, 22 de Setembro de 2009

É Outono


“Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. é o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.” Fernando Pessoa

hoje mudamos de estação...
por aqui,
fica-se unicamente com vontade de outras mudanças...

segunda-feira, 21 de Setembro de 2009

O Teu Riso

Tira-me o pão, se quiseres,
tira-me o ar, mas não
me tires o teu riso.

Não me tires a rosa,
a lança que desfolhas,
a água que de súbito
brota da tua alegria,
a repentina onda
de prata que em ti nasce

A minha luta é dura e regresso
com os olhos cansados
às vezes por ver
que a terra não muda,
mas ao entrar teu riso
sobe ao céu a procurar-me
e abre-me todas
as portas da vida.

Meu amor, nos momentos
mais escuros solta
o teu riso e se de súbito
vires que o meu sangue mancha
as pedras da rua,
ri, porque o teu riso
será para as minhas mãos
como uma espada fresca.

À beira do mar, no outono,
teu riso deve erguer
sua cascata de espuma,
e na primavera , amor,
quero teu riso como
a flor que esperava,
a flor azul, a rosa
da minha pátria sonora.

Ri-te da noite,
do dia, da lua,
ri-te das ruas
tortas da ilha,
ri-te deste grosseiro
rapaz que te ama,
mas quando abro
os olhos e os fecho,
quando meus passos vão,
quando voltam meus passos,
nega-me o pão, o ar,
a luz, a primavera,
mas nunca o teu riso,
porque então morreria.
Pablo Neruda

quinta-feira, 17 de Setembro de 2009

Perco-me

Morro
Renasço
Morro novamente
E volto a renascer
Não me encontro
Perco-me
Procuro-me
encontro-me
Olho-te...
e perco-me novamente

quarta-feira, 16 de Setembro de 2009

É Surpreendente...

As palavras nem sempre são fáceis, nem sempre são bonitas e
quase nunca atingem com exactidão os nossos sentimentos.
Mas muitas vezes conseguem chegar lá perto.
É surpreendente como conseguem tirar de nós tudo o que pensamos e sentimos...

It’s amazing

Do it, now, you know who you are
You feel it in your heart and you're burning with ambition
But first, wait, won't get it on a plate
You're gonna have to work for it harder an’ harder

And I know, ‘cause I've been there before
Knocking on the doors with rejection
And you'll see, ‘cause if it's meant to be
Nothing can compare to deserving your dreams

It's amazing, it's amazing
All that you can do
It's amazing, makes my heart sing
Now it's up to you

Patience, now, frustration’s in the air
And people who don't care well it's gonna get you down
And you'll, fall, yes you will hit a wall
But get back on your feet an’ you'll be stronger and smarter

And I know, ‘cause I've been there before
Knocking down the doors won't take no for an answer
And you'll see, ‘cause if it's meant to be
Nothing can compare to deserving your dreams

It's amazing, it's amazing
All that you can do
It's amazing, makes my heart sing
Now it's up to you

Don't be embarrassed
Don't be afraid
Don't let your dreams slip away
It's determination and using your gift
And everybody has a gift
Never give up
Never believe the hype
Trust your instincts and most importantly
You've got nothing to lose
So just go for it

It's amazing, it's amazing
All that you can do
It's amazing, makes my heart sing
Now it's up to you
Jem

terça-feira, 15 de Setembro de 2009

O Amor, Quando Se Revela

O amor, quando se revela,
Não se sabe revelar.
Sabe bem olhar para ela,
Mas não lhe sabe falar.

Quem quer dizer o que sente
Não sabe o que há-de dizer.
Fala: parece que mente...
Cala: parece esquecer...

Ah, mas se ela adivinhasse,
Se pudesse ouvir o olhar,
E se um olhar lhe bastasse
para saber que a estão a amar!

Mas quem sente muito, cala;
Quem quer dizer quanto sente
Fica sem alma nem fala,
Fica só, inteiramente!

Mas se isto puder contar-lhe
O que não lhe ouso contar,
Já não terei que falar-lhe
Porque lhe estou a falar...
Fernando Pessoa

segunda-feira, 14 de Setembro de 2009

When love takes over

Mais um sucesso deste Verão...
It's complicated
It always is
That's just the way it goes
Feels like I've waited so long for this
I wonder if it shows

Head under water
Now I can't breathe
It never felt so good
'Cause I can feel it coming over me
I wouldn't stop it if I could

When love takes over
You know you can't deny
When love takes over
'Cause something's here tonight

Give me a reason
I gotta know
Do you feel it too?
Can't you see me here on overload
And this time I blame you
Looking out for you to hold my hand
It feels like I could fall
Now love me right, like I know you can
We could lose it all

When love takes over
You know you can't deny
When love takes over
'Cause something\'s here tonight
Tonight, Tonight, Tonight ...

I-I-I'll be loving you all the time, it's true
cos I-I-I'll want to make it right, with you

When love takes over
Over, over, over ...
When love takes over
You know you can't deny
When love takes over
'Cause something's here tonight
David Guetta ft Kelly Rowland

domingo, 13 de Setembro de 2009

1º Aniversário



Ao longo deste ano passaram por aqui mais de 4.054 visitantes, de vários países.
Estes dados podem parecer reduzidos, mas para mim superou todas as expectativas!
Quero agradecer a todas as pessoas que visitaram e comentaram este blog.
Muito obrigada!

quinta-feira, 10 de Setembro de 2009

Breathe In Breathe Out

Breathe in breathe out
Tell me all of you doubts
Everybody bleeds this ways, just the same
Breathe in breathe out
Move on and break down
If everyone goes away, I will stay
We push and pull
And I fall down sometimes
And I'm not letting go
You hold the other line
'Cause there is a light in your eyes, in your eyes

Hold on, hold tight
If I'm out of your sight
And everything keeps moving on, moving on
Hold on, hold tight
Make it through another night
In every day there comes a song with the dawn
We push an pull
And I fall down sometimes
And I'm not letting go
You hold the other line
'Cause ther is a light in your eyes, in your eyes

Breathe in and breathe out
Breathe in and breathe out
Breathe in and breathe out
Breathe in and breathe out

Look left, look right
To the moon and the night
Everything under the stars is in your arms

'Cause there is a light in your eyes, in your eyes
There is a light in your eyes, in your eyes
There is a light in your eyes, in your eyes
Mat Kearney

quarta-feira, 9 de Setembro de 2009

Problemas de Expressão


“e até nos momentos em que digo que não quero
e o que sinto por ti são coisas confusas
e até parece que estou a mentir,
as palavras custam a sair,
não digo o que estou a sentir,
digo o contrário do que estou a sentir”
Clã

terça-feira, 8 de Setembro de 2009

(Des)Ilusão

"Se nos desiludimos é porque criamos ilusões"


Dia Mau

Não quis guardá-lo para mim
E com a dimensão da dor
Legitimar o fim
Eu dei
Mas foi para mostrar
Não havendo amor de volta
Nada impede a fonte de secar
Mas tanto pior
E quem sou eu para te ensinar agora
A ver o lado claro de um dia mau

Eu sei
A tua vida foi
Marcada pela dor de não saber aonde dói
Mas vê bem
Não houve à luz do dia
Quem não tenha provado
O travo amargo da melancolia
E então rapaz então porquê a raiva
Se a culpa não é minha
Serão efeitos secundários da poesia

Mas para quê gastar o meu tempo
A ver se aperto a tua mão
Eu tenho andado a pensar em nós
Já que os teus pés não descolam do chão
Dizes que eu dou só por gostar
Pois vou dar-te a provar
O travo amargo da solidão

É só mais um dia mau
Ornatos Violeta

domingo, 6 de Setembro de 2009

estão dentro de mim

Conheço pessoas interiores, belas e doces!
Pessoas alegres que me fazem sorrir, seres que me ensinam,
que nos gestos têm magia...
há quem me fascine,
quem faça cintilar o meu ser e me ponha a brilhar!!!

quarta-feira, 2 de Setembro de 2009

Segredo Escondido

(…)"Podias ter-me dito que ias sair da minha vida. A paixão é mesmo isto, nunca sabemos quando acaba ou se transforma em amor, e eu sabia que a tua paixão não iria resistir à erosão do tempo, ao frio dos dias, ao vazio da cama, ao silêncio da distância. Há um tempo para acreditar, um tempo para viver e um tempo para desistir, e nós tivemos muita sorte porque vivemos todos esses tempos no modo certo. Podias ter-me dito que querias conjugar o verbo desistir. Demorei muito tempo a aceitar que, às vezes, desistir é o mesmo que vencer, sem travar batalhas. Antigamente pensava que não, que quem desiste perde sempre, que a subtracção é a arma mais cobarde dos amantes, e o silêncio a forma mais injusta de deixar fenecer os sonhos. Mas a vida ensinou-me o contrário. Hoje sei que desistir é apenas um caminho possível, às vezes o único que os homens conhecem. Contigo aprendi que o amor é uma força misteriosa e divina. Sei que também aprendeste muito comigo, mais do que imaginas e do que agora consegues alcançar. Só o tempo te vai dar tudo o que de mim guardaste, esse tempo que é uma caixa que se abre ao contrário: de um lado estás tu, e do outro estou eu, a ver-te sem te poder tocar, a abraçar-te todas as noites antes de adormeceres e a cada manhã ao acordares. Não sei quando te voltarei a ver ou a ter notícias tuas, mas sabes uma coisa? Já não me importo, porque guardei-te no meu coração antes de partires. Numa noite perfeita entre tantas outras, liguei o meu coração ao teu com um fio invisível e troquei uma parte da tua alma com a minha, enquanto dormias."
Margarida Rebelo Pinto in Vou contar-te um segredo

terça-feira, 1 de Setembro de 2009

segunda-feira, 31 de Agosto de 2009

O Realmente Importante

Há pessoas
que querem ser bonitas
para chamar a atenção,
outras desejam a inteligência
para serem admiradas.

Mas há algumas
que procuram cultivar a Alma
e os Sentimentos.

Essas
alcançam a admiração de todos,
porque além de belas
e inteligentes
tornam-se realmente
PESSOAS !!!!!

domingo, 30 de Agosto de 2009

Noites Ritual 2009

O festival que animou os jardins do Palácio de Cristal
numa noite quente de Agosto

Sacanas sem Lei

Once upon a time…

"Sacanas sem Lei" é mais do que uma história de vingança, já que esta é apenas uma desculpa para Tarantino edificar aqui uma ode ao cinema, tanto ao que tem de romântico como de mais visceral.
Ao longo de mais de duas horas e meia, o filme saltita entre um humor certeiro e uma tensão de cortar à faca com um savoir faire irrepreensível.

um filme brilhante, com o humor que Tarantino nos habituou

quarta-feira, 26 de Agosto de 2009

Sorriso :)

"Todas as pessoas do mundo
sorriem no mesmo idioma"
Morris Mandel

Porque não comunicamos todos desta forma
?

Vou contar-te um segredo...

(...) "aprendi a nunca pedir que me amasses e a nunca cobrar a distância. Aprendi novas for­mas de viver e de estar, de amar e de ser feliz. Percebi que o dinheiro e o conforto são menos importantes do que a alegria e a liberdade, e descobri dentro de mim mais uma semente, uma fonte de força, um desejo novo de alcançar a felicidade" (...)

(...) "a vida é tua, tens de ser tu a vivê-la, não podes deixar que ela passe por ti, tu é que passas por ela. E quando todas as laranjas caírem, apanha-as com cuidado, guarda-as num cesto e muda de profissão. O circo é para quem não tem casa nem país, não é vida para ninguém. Guarda as laranjas num cesto, leva-as para casa e faz um bolo de saudades para esquecer a mágoa. E nunca deixes de sonhar que, um dia, tal como eu, vais encontrar alguém mais próximo e mais generoso, que te ensine a ser feliz, mesmo com todas as pedras que encontrarem no caminho. Larga as laranjas e muda de vida. A vida vai mudar contigo" (...)

Margarida Rebelo Pinto in Vou contar-te um segredo

terça-feira, 25 de Agosto de 2009

Há o amigo e o Amigo


um diz: “tens ali um paravento” o outro diria: “onde queres o paravento?”
... há coisas fantásticas, não há?!?

segunda-feira, 24 de Agosto de 2009

Carpe Diem

“Se tiver que amar, ame hoje.
Se tiver que sorrir, sorria hoje.
Se tiver que chorar, chore hoje.
Pois o importante é viver hoje.
O ontem já foi e o amanhã talvez não venha.”
Chico Xavier

domingo, 23 de Agosto de 2009

Estou Vivo(a)

Vive a Vida !!!

Ás vezes dou por mim a...
A sobreviver, em vez de viver
Fartamo-nos de queixar,
Mas de repente a vida dá-nos uma chapada e lembra-nos que...
O amanhã não é certo
Só temos uma vida para viver
Mais um dia, mais um mês, mais um ano
Pouco a pouco, de repente o tempo voa
Estamos cá e amanhã estivemos
Perdemos tempo, lamentamos e queixamos
Acordamos mal dispostos sem vontade e nada fizemos
Life is so bitch and you die
Aproveita, não te queixes, dá graças ao que tens
Há quem nada tenha
Damos tanta importância a coisas que nada importam
De repente alguém nos deixa e vemos que temos senha
Estamos todos na mesma fila, não sabemos o nome
Nada é certo, amanhã pode não chegar
Tão fácil falar o que é difícil é fazer
E quando as coisas não tão bem podem piorar

Ei! Vive a vida
Tira proveito até ao fim da corrida
Põe-te de pé e grita bem alto
Eu estou vivo e vou viver a vida!
Vive a vida
Tira proveito até ao fim da corrida
Põe-te de pé e grita bem alto
Eu estou vivo e vivo!
A ver o copo meio cheio, meio todo, falta pouco
É ver o lado de lado da mesma moeda
Planos traçamos mas depois adiamos, desistimos
E a vida é sempre a mesma merda
Ninguém te ajuda quanto tu não te ajudas
E não fazes nada para mudar a tua vida
É bom sonhar mas é preciso acordar para concretizar
E encontrar uma saída
Falo contigo e comigo e para todos
Os que vivem o presente com medo do futuro
Nós não pedimos para nascer, já cá estamos
É viver porque amanhã é um tiro no escuro
É relativo, o teu drama mais terrível
Ao pé do drama do outro parece um filme para crianças
A vida dá-nos prendas e as vezes só damos valor
Quando essas prendas já não passam de lembranças

Ei! Vive a vida
Tira proveito até ao fim da corrida
Põe-te de pé e grita bem alto
Eu estou vivo e vou viver a vida!
Vive a vida
Tira proveito até ao fim da corrida
Põe-te de pé e grita bem alto
Eu estou vivo e vivo!
Tem calma, não te esticas, abranda o carro, dá espaço
Pé pesado dá multas mas também dá condolências
Faz brindes bebe shots
Parabéns, felicidades, estás feliz?
Mantém-te assim sem imprudências
Vai de táxi, vê se dormes, olha a ressaca
Acorda bem, toma banho, desperta e faz-te á luta
Todos temos que partir um dia
Vamos a parar mas a parar, ao menos que seja não á bruta
Há quem pense que é de ferro
Que só acontece aos outros
Não te enganes, pensa bem, o outro dia és tu
Dei por mim capotado, vi a vida por um fio
Flash back na A1 eu e o Xuxu
A gritar tipo gajas, grande susto
Não foi desta, estamos bem e a esperar pela assistência
Moral da história: vive a vida, aproveita
Porque a vida dá voltas e num avisa com antecedência

Ei! Vive a vida
Tira proveito até ao fim da corrida
Põe-te de pé e grita bem alto
Eu estou vivo e vou viver a vida!
Vive a vida
Tira proveito até ao fim da corrida
Põe-te de pé e grita bem alto
Eu estou vivo e vivo!
Estamos todos de parabéns
Pelo simples facto de estarmos vivos
É viver cada dia como se fosse o último
O amanhã não é certo
E para morrer basta estar vivo
Hoje é uma dádiva, é por isso que se chama presente
Aproveita
Boss Ac

@noite.Carvalhos

Fim de semana para ir à praia,
rever os amigos,
por a conversa em dia
e divertir-me

sexta-feira, 21 de Agosto de 2009

Alfaiate

Uma noite bem passada com um excelente jantar
num restaurante muito bem decorado
com deliciosas iguarias e fantásticas sobremesas
na companhia de 2 bons amigos a R e o M.

Restaurante Alfaiate que fica situado na R. José Falcão no Porto

quarta-feira, 19 de Agosto de 2009

Regresso

De Regresso à praia

terça-feira, 18 de Agosto de 2009

segunda-feira, 17 de Agosto de 2009

domingo, 16 de Agosto de 2009

Sentimento ou Pensamento

Tenho tanto sentimento
Que é frequente persuadir-me
De que sou sentimental,
Mas reconheço, ao medir-me,
Que tudo isso é pensamento,
Que não senti afinal.

Temos, todos que vivemos,
Uma vida que é vivida
E outra vida que é pensada,
E a única vida que temos
É essa que é dividida
Entre a verdadeira e a errada.

Qual porém é verdadeira
E qual errada, ninguém
Nos saberá explicar;
E vivemos de maneira
Que a vida que a gente tem
É a que tem que pensar.
Fernando Pessoa

sábado, 15 de Agosto de 2009

Tudo são maneiras de ver

onde você vê um obstáculo,
alguém vê o término da viagem
e o outro vê uma chance de crescer.

onde você vê um motivo para se irritar,
alguém vê a tragédia total
e o outro vê uma prova para sua paciência.

onde você vê a morte,
alguém vê o fim
e o outro vê o começo de uma nova etapa.

onde você vê a fortuna,
alguém vê a riqueza material
e o outro pode encontrar por trás de tudo,

a dor e a miséria total.

onde você vê a teimosia,
alguém vê a ignorância,
um outro compreende as limitações do companheiro,
percebendo que cada qual caminha em seu próprio passo.
e que é inútil querer apressar o passo do outro,
a não ser que ele deseje isso.

"cada qual vê o que quer, pode ou consegue enxergar.
porque eu sou do tamanho do que vejo.
e não do tamanho da minha altura."
Fernando Pessoa

sexta-feira, 14 de Agosto de 2009

Descanso Absoluto

A inactividade deste blog que explicaria, em primeira instância
pela nossa bem amada "silly season" deve-se,
antes de mais, à minha "falta" de saúde.
Uma tendinite no cotovelo direito e já lá vão 8 dias...

Tendinite é a inflamação de um tendão que surge usualmente através do excesso de repetições de um mesmo movimento (LER - Lesão por Esforço Repetitivo). Não é adquirida necessariamente no trabalho, mas com a difusão da informática, tornou-se uma importante doença ocupacional.
Em consequência, esta condição afecta pessoas que despendem muito tempo realizando uma mesma tarefa, quer em trabalho quer em lazer. A tendinite provoca dores muito fortes e pode resultar em incapacidade física. Os sintomas de aviso incluem sensação de dormência nos dedos, mãos frias e dificuldade de realizar tarefas simples como apertar um botão.
Uma vez que a tendinite é uma condição de difícil tratamento, uma prevenção eficaz é a melhor solução. As medidas preventivas mais aconselhadas incluem a realização de pausas frequentes no trabalho e a diversificação de movimentos realizados.
Wikipédia

quarta-feira, 5 de Agosto de 2009

Segredos


Eu procuro um amor
Que ainda não encontrei
Diferente de todos que amei
Nos seus olhos quero descobrir
Uma razão para viver
E as feridas desta vida
Eu quero esquecer
Pode ser que eu a encontre
Numa fila de cinema
Numa esquina
Ou numa mesa de um bar

Procuro um amor que seja bom para mim
Vou procurar
Eu vou até ao fim
E eu vou trata-la bem
Para que ela não tenha medo
quando começar
A conhecer os meus segredos

Eu procuro um amor
Uma razão para viver
E as feridas desta vida
Eu quero esquecer
Pode ser que eu gagueje
Sem saber o que falar
Mas disfarço e não saio sem ela de lá

Procuro um amor que seja bom para mim
Vou procurar
Eu vou até ao fim
E eu vou trata-la bem
Para que ela não tenha medo
Quando começar
A conhecer os meus segredos

Procuro um amor que seja bom para mim
Vou procurar
Eu vou até ao fim
E eu vou trata-la bem
Para que ela não tenha medo
Quando começar
A conhecer os meus segredos
Ez Special ft. Paulo Gonzo