quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Bom Ano 2009


Parabéns a Mim !!!

Aproveito o dia de hoje para fazer um balanço da minha vida:
Reflectir sobre os meus erros e recordar os meus acertos,
perdoar-me pelos fracassos e orgulhar-me das minhas vitórias.

E entender que erros, acertos, fracassos e vitórias são a minha história…
A história da minha vida.
E, por isso, devem ser valorizados por igual.

Sem eles eu não seria quem sou hoje.

"Não é triste mudar de ideias triste é não ter ideias para mudar"


Sirvam-se:




terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Resgate


De manhã cedo,
espero impacientemente
dentro de uma monotonia calmante.
O tempo parou,
não tem pressa.
Um silêncio completo criou-se.
Um sentimento leve
de vertigem sobrevém.
Então, sente-se uma vibração
vibra incessantemente
mais forte pela sua pulsação.
Anseia por um céu comum
que a qualquer distância
encontra-se também
outras estrelas
e talvez, por uma delas
eu possa te resgatar

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Chuva


Chuva, caindo tão mansa,
Na paisagem do momento,
Trazes mais esta lembrança
De profundo isolamento.

Chuva, caindo em silêncio
Na tarde, sem claridade...
A meu sonhar d'hoje, vence-o
Uma infinita saudade.

Chuva, caindo tão mansa,
Em branda serenidade.
Hoje minh'alma descansa.
— Que perfeita intimidade!...
Francisco Bugalho, in "Paisagem"

domingo, 28 de dezembro de 2008

Crepúsculo

“Crepúsculo” poderia ser como qualquer outra história não fosse um elemento irresistível:
o objecto da paixão da protagonista é um vampiro.
Isabella tenta se adaptar à vida provinciana na qual aparentemente todos se conhecem
Em seu destino está Edward.
Ele é bonito, perfeito, misterioso e, à primeira vista, hostil à presença de Isabella o que provoca nela uma inquietação desconcertante.
Ela se apaixona.
Ele, no melhor estilo ” amor proibido”, alerta: Sou um risco para você.
Ela é uma adolescente incomum.
Ele é um vampiro.
Ela precisa aprender a controlar seu corpo quando ele a toca.
Ele, a controlar sua sede pelo sangue dela.
Em meio a descobertas e sobressaltos, Edward é, sim, perigoso: um perigo que qualquer mulher escolheria correr. Nesse universo fantasioso, os personagens construídos pela autora Stephenie Meyer - humanos ou não - se mostram de tal forma familiares em seus dilemas e seu comportamento que o sobrenatural parece real. Meyer torna perfeitamente plausível - e irresistível - a paixão de uma adolescente de 17 anos por um vampiro encantador.

sábado, 27 de dezembro de 2008

Acredito nos meus Sonhos


Acredito que cada novo dia é melhor do que o que passou; pois afinal é um novo dia...novas oportunidades;
Acredito que cada amizade nova é uma forma de gostar e aprender um pouco mais de alguém; porque não existe nada melhor que um ombro amigo
Acredito de que viver é pura adrenalina; pois para viver é necessário muitas quedas, contratempos e coragem para os enfrentar e levantarmo-nos novamente;
Acredito que em vez de vingarmo-nos é melhor perdoar-mos; pois "amar" é um dom bem maior do que a vingança;
Acredito que muitas vezes chorar é bom, fortalece os pulmões...lava os olhos...purifica a alma;
Acredito no amor, na amizade, no perfume das flores porque posso senti-los todos; posso sentir o amor dentro de mim, o carinho pelos amigos e sentir (hummmmmm) o perfume das flores;
Acredito que sonhar é bom mas tornar esse sonho realidade é melhor ainda, e se tivermos fé em tudo o que fazemos, ainda vamos conseguir ajudar outros a realizar sonhos...

Eu acredito nos meus sonhos e tu acreditas???

Grrrrrrrrrrrrrr




Hoje está muito frio...

e como estou lesionada de um braço, vou ficar por casa e pelo meu sofá com a minha mantinha!!!

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

A Eternidade de um Momento

"Eterno, é tudo aquilo que dura uma fracção de segundos,
mas com tamanha intensidade, que se petrifica,
e nenhuma força jamais o
resgata."
Carlos Drummond de Andrade

Gostei muito desta frase... Acho que retrata muito bem que a intensidade com que vivemos as coisas é muito mais importante do que o tempo que elas duram... Pois não é o tempo que as vai tornar inesquecíveis, mas sim a intensidade com que foram vividas... Um momento é eterno, quando vivido intensamente...

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Parabéns


Parabéns
a uma menina de quem gosto muito :)
Muitas felicidades e que os teus desejos mais profundos se realizem :D


domingo, 21 de dezembro de 2008

Dia de Natal

Hoje é dia de ser bom.
É dia de passar a mão pelo rosto das crianças,
de falar e de ouvir com mavioso tom,
de abraçar toda a gente e de oferecer lembranças.

É dia de pensar nos outros. Coitadinhos. Nos que padecem,
de lhes darmos coragem para poderem continuar a aceitar a sua miséria,
de perdoar aos nossos inimigos, mesmo aos que não merecem,
de meditar sobre a nossa existência, tão efémera e tão séria.

Comove tanta fraternidade universal.
É só abrir o rádio e logo um coro de anjos,
como se de anjos fosse,
numa toada doce,
de violas e banjos,
Entoa gravemente um hino ao Criador.
E mal se extinguem os clamores plangentes,
a voz do locutor
anuncia o melhor dos detergentes.

De novo a melopeia inunda a Terra e o Céu
e as vozes crescem num fervor patético.
(Vossa Excelência verificou a hora exacta em que o Menino Jesus nasceu?
Não seja estúpido! Compre imediatamente um relógio de pulso anti magnético.)
Torna-se difícil caminhar nas preciosas ruas.
Toda a gente se acotovela, se multiplica em gestos, esfuziante.
Todos participam nas alegrias dos outros como se fossem suas
e fazem adeuses enluvados aos bons amigos que passam mais distante.
Nas lojas, na luxúria das montras e dos escaparates,
com subtis requintes de bom gosto e de engenhosa dinâmica,
cintilam, sob o intenso fluxo de milhares de quilovates,
as belas coisas inúteis de plástico, de metal, de vidro e de cerâmica.

Os olhos acorrem, num alvoroço liquefeito,
ao chamamento voluptuoso dos brilhos e das cores.
É como se tudo aquilo nos dissesse directamente respeito,
como se o Céu olhasse para nós e nos cobrisse de bênçãos e favores.
A Oratória de Bach embruxa a atmosfera do arruamento.
Adivinha-se uma roupagem diáfana a desembrulhar-se no ar.
E a gente, mesmo sem querer, entra no estabelecimento
e compra. louvado seja o Senhor!. o que nunca tinha pensado comprar.

Mas a maior felicidade é a da gente pequena.
Naquela véspera santa
a sua comoção é tanta, tanta, tanta,
que nem dorme serena.

Cada menino
abre um olhinho
na noite incerta
para ver se a aurora
já está desperta.

De manhãzinha,
salta da cama,
corre à cozinha
mesmo em pijama.

Ah!!!!!!!!!!

Na branda macieza
da matutina luz
aguarda-o a surpresa
do Menino Jesus.

Jesus
o doce Jesus,
o mesmo que nasceu na manjedoura,
veio pôr no sapatinho
do Pedrinho
uma metralhadora.

Que alegria
reinou naquela casa em todo o santo dia!
O Pedrinho, estrategicamente escondido atrás das portas,
fuzilava tudo com devastadoras rajadas
e obrigava as criadas
a caírem no chão como se fossem mortas:
Tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá-tá.

Já está!
E fazia-as erguer para de novo matá-las.
E até mesmo a mamã e o sisudo papá
fingiam
que caíam
crivados de balas.

Dia de Confraternização Universal,
Dia de Amor, de Paz, de Felicidade,
de Sonhos e Venturas.
É dia de Natal.
Paz na Terra aos Homens de Boa Vontade.
Glória a Deus nas Alturas.

António Gedeão

Ps: aproveito o aparente espírito natalício para postar isto, escrito por um dos poetas de quem gosto, ilustra a minha opinião do natal. Eu era incapaz de me expressar assim, por isso cito o poeta.

Bom Natal

Carta ao Pai Natal

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

No Limite


No limite da consciência,
Entre o consciente e o inconsciente.
No limite da compreensão,
Entre o que se sabe e o que não se sabe.
No limite da vida,
Entre cair e voar.
No limite vivemos,
Entre o dormir e o acordar.
Limitamo-nos a nós próprios,
Tentamos compreender.
Limitamos a vida,
Quando deveríamos,
Simplesmente,
Viver.

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Sonhar


Mesmo um sonho impossível...
Amar... ainda que sem retorno...
Chorar....quando tiver vontade...
Sorrir Sempre
Viver... como se cada minuto fosse o último da sua vida
Não tenha medo do seu coração
Não tenha medo do amanhã
Não tenha medo de sentir... de procurar...
Não tenha medo de confiar no seu instinto...
Não tenha medo de dizer para alguém o quanto ele é importante para você
Não tenha medo de nada
Simplesmente seja você e sonhe...

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Dispensável

Dispensável, adj. 2 gén. que se pode dispensar; desnecessário; escusado; prescindível.

Quando não vais dizer nada de adequado à conversa

restringe os teus comentários ao estado do tempo...

assim não erras!

Esta é uma verdade que se torna sinceramente evidente

quando somos "obrigados" a ouvir disparates como os que tenho ouvido recentemente!

Eu prefiro pensar antes de falar...

E se não vejo nenhum interesse nesse assunto,

fico no silêncio, é o melhor....


Não queria, mas é inevitável... sem qualquer intenção...


Hoje...

domingo, 14 de dezembro de 2008

Magia

Em todas as coisas belas da vida existe magia,
como explicar o encanto
que certas pessoas exercem sobre a gente?
É tão difícil explicar e tão fácil de perceber.
Há magia no ar, quando algo de especial acontece.
É tão bom viver esses momentos.
Por um instante perceber a sincronia,
fazer parte de um segredo,
estar vendo as engrenagens do universo se encaixando com perfeição,
porque nada - mas nada mesmo
- acontece por acaso...

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Fintar a Pulsação

É dia de arriscar
De fintar a pulsação
Mesmo se eu tropeçar
E fizer um arranhão

Eu vou andar tão certa
De que o medo é o papão
Franzindo o meu sobrolho
A qualquer um, em qualquer direcção

Hoje eu sou a dona da razão
Ai de quem me diga que não
Que eu sou capaz de nem pestanejar

É tempo de ser forte
Atar os ténis com dois nós
Abraçar o vento norte
Sorrir a quem se ri de nós

Se nem sequer é noite
As sombras não vão lá estar
Eu vou cerrar os dentes
Que hoje é dia de arriscar

Hoje eu sou a dona da razão
Ai de quem me diga que não
Que eu sou capaz de nem pestanejar

E se algum dos maus me aparecer
Se me apanharem a correr
Eu sou capaz
De nem pestanejar
Susana Félix

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Pontes Entre Nós


A ponte conduz à outra margem!

Que nunca caiam as pontes entre nós...
Pedro Abrunhosa

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Estou aqui


Senti o teu chamamento
Estremeci
Não por mim
Mas por ti
E por um momento
Pensei
Irei, não irei
Mas como os momentos são momentos
Decidi
E como o que queres, não sei
Diz-me
Estou aqui

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

O Meu Estado de Espirito


"Só se superam todas as tristezas, ou com coragem, ou com um amigo."

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Preciso de Férias!!!

Estou cansada, sem alento, exausta, desanimada, deprimida... Completamente esgotada....
Preciso de férias num sítio destes...



Para me refugiar num local distante, sem telefones nem computador. Com tempo para estender-me ao sol, ler, pensar, passear pela praia e relaxar. De preferência com uma boa companhia ;-)

domingo, 7 de dezembro de 2008

Pequena Dor

Pequena que hoje é grande....





a tua pequena dor
quase nem sequer te dói
é só um ligeiro ardor
que não mata mas que mói

é uma dor pequenina
quase como se não fosse
é como uma tangerina
tem um sumo agridoce

de onde vem essa dor
se a causa não se vê
se não é por desamor
então é uma dor de quê?

não exponhas essa dor
é preciosa é só tua
não a mostres tem pudor
é o lado oculto da lua

não é vicio nem costume
deve ser inquietação
não há nada que a arrume
dentro do teu coração

talvez seja a dor do ser
só a sente quem a tem
ou será a dor de ver
a dor de ir mais além?

certo é ser a dor de quem
não se dá por satisfeito
não a mates guarda bem
guardada no fundo do peito.
Rui Veloso

sábado, 6 de dezembro de 2008

Momentos

Como são difíceis os momentos.
Momentos de decisões,
momentos de escolhas,
momentos de solidão,
momentos a dois,
momentos de partidas,
momentos que em fracções de segundos,
decidimos nossos destinos,
nossos caminhos.
Momentos que nem sempre estamos equilibrados,
lúcidos em tomá-los.
Momentos que se tornarão talvez eternos ou passageiros,
que se tornarão a dúvida ou a certeza,
uma realidade ou um sonho,
uma alegria ou uma lágrima.
Momentos que farão de fracções eternos dividendos.
Momentos que nos tornarão heróis ou covardes,
que nos farão amar ou odiar.

Momentos que serão lembranças ou esquecimentos,
serão eternidades ou passagens,
sublimes ou ilusórios.
momentos de paixão,

momentos de capricho,
momentos de amantes,
momentos de loucuras,
momentos de anseios,
momentos de desejos.
Momentos, momentos......momentos,
Momentos que terei para decidir
Se na minha vida,
aqueles momentos que realmente me tocaram,
aqueles que realmente me fizeram,
valeram ou não um dia terem existido.
Temos que ter a certeza de que todos os nossos momentos
valeram a pena, pelo simples facto de
termos vivido!...


A Vida é como uma Rosa...
cada pétala, uma lembrança...
cada espinho, uma realidade

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Yesterday



I just can't believe you're gone
Still waiting for morning to come
Wanna see if the sun will rise
Even without you by my side
When we have so much in store
Tell me what is it I'm reaching for
When we're through building memories
I'll hold yesterday in my heart
In my heart

They can take tomorrow and the plans we made
They can take the music that we'll never play
All the broken dreams, take everything
Just take it away, but they can never have yesterday
They can take the future that we'll never know
They can take the places that we said we would go
All the broken dreams, take everything
Just take it away, but they can never have yesterday

You always used to say
I should be thankful for every day
Heaven knows what the future holds, or least how the story goes
But I never believed them till now
I know I'll see you again I'm sure
No, it's not selfish to ask for more
One more night, one more day, one more smile on your face
But they can't take yesterday

They can take tomorrow and the plans we made
They can take the music that we'll never play
All the broken dreams, take everything
Just take it away, but they can never have yesterday
They can take the future that we'll never know
They can take the places that we said we would go
All the broken dreams, take everything
Just take it away, but they can never have yesterday

I thought our days would last forever
(But it wasn't our destiny)
'Cause in my mind we had so much time
But I was so wrong
Now I can believe that
I can still find the strength in the moments we made
I'm looking back on yesterday
Leona Lewis

Saudade?

Querer estar perto e não poder...
querer abraçar e sentir a ausência...
querer ver e ter os olhos vendados...
sentir a falta de algo ou de alguém...
sentir a falta de nós mesmos...
daqueles que amamos...
sentir a falta de algo que tivemos em tempos e que por algum motivo perdemos...

Saudade é aquela coisa...que por vezes nos deixa sem explicação

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Urgentemente

É urgente o Amor,
É urgente um barco no mar.
É urgente destruir certas palavras
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos,
muitas espadas.
É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras.
Cai o silêncio nos ombros,
e a luz impura até doer.
É urgente o amor,
É urgente permanecer.
Eugénio de Andrade

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

É Preciso !!!


Um grande amor para perdoar
Um carinho para agradar
Uma saudade para valorizar
Uma palavra para confortar
Muita força para lutar
Um grande amigo para apoiar
Um olhar para encorajar
Um gesto para resgatar
Firmeza para convencer
Um toque para arrepiar
Uma mão para ajudar
Um braço para sustentar
Muita fé para alcançar
Um abraço para se entregar
Um beijo para concretizar
E uma vida para ser vivida.

1 Dezembro

Dia da Restauração da Independência

A Restauração da Independência é a designação dada à revolta iniciada em 1 de Dezembro de 1640 contra a tentativa de anulação da independência do Reino de Portugal por parte da dinastia filipina, e que vem a culminar com a instauração da Dinastia Portuguesa da casa de Bragança. É comemorada anualmente em Portugal por um feriado no dia 1 de Dezembro.



E porque hoje se assinala
O Dia Mundial da Luta contra a SIDA

domingo, 30 de novembro de 2008

O Sentido da Vida

"Não sei...
se a vida é curta ou longa demais para nós,
mas sei que nada do que vivemos tem sentido,
se não tocamos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser:
colo que acolhe,
braço que envolve,
palavra que conforta,
silêncio que respeita,
alegria que contagia,
lágrima que corre,
olhar que acaricia,
desejo que sacia,
amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
é o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela não
seja nem curta, nem longa demais,
mas que seja intensa,
verdadeira,
pura...enquanto durar...."

E porque hoje ...

Estou assim !!!



sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Silence


Hoje um Amigo enviou-me este vídeo.
Não podia passar sem deixar aqui esta musica.
Claramente a musica do dia, da tarde, do fim de semana...


In this white wave
I am sinking
In this silence
In this white wave
In this silence I believe
I have seen you in this white wave you are silent
You are breathing in this white wave
I am free

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Wish You Were Here...

Wish You Were Here...
Me, oh, my country man,
Wish You Were Here...
I Wish You Were Here...
Don't you know, the snow is getting colder,
And I miss you like hell,
And I'm feeling blue...
I've got feelings for you,
Do you still feel the same?
From the first time I laid my eyes on you,
I felt joy of living,
I saw heaven in your eyes...
In yor eyes...
Wish you were here...
Me, oh, my country man,
Wish You Were Here...
I Wish You Were Here...
Don't you know the snow is getting colder,
And I miss you like hell...
And I'm feeling blue...
I miss your laugh, I miss your smile,
I miss everything about you...
Every second's like a minute,
Every minute's like a day
When you're far away...
The snow is getting colder, baby,
And I Wish You Were Here...
A battlefield of love and fear,
And I Wish You Were Here...
I've got feelings for you,

From the first time I laid my eyes on you...
Within Temptation

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

O poder de um sorriso

Um sorriso não custa nada, mas cria muitas coisas.
Dura só um momento, mas sua lembrança perdura pela vida fora.
Não se pode comprá-lo, mendigá-lo, pedi-lo emprestado ou roubá-lo.
Não tem utilidade enquanto não é dado.

E por isso se no seu caminho encontrares uma pessoa
por demais cansado para lhe dar um sorriso, deixa-lhe o seu,
pois ninguém precisa tanto de um sorriso quanto
aquele que não tem mais um para oferecer.

Seu sorriso será tão precioso para esta pessoa
que no momento que ela receber ela sentira a magia
da felicidade incendiar o seu viver, e ela de gratidão
lhe retornara um belo e meigo sorriso.

Por isso, conserve este brilho
de alegria em seu rosto, pois mesmo que você não
perceba através do seu sorriso, você transmite para
as pessoas que caminham ao seu lado forças, alegrias e coragem!

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Imortais


Por mais que a vida nos agarre assim
Nos troque planos sem sequer pedir
Sem perguntar a que é que tem direito
Sem lhe importar o que nos faz sentir

Eu sei que ainda somos imortais
Se nos olhamos tão fundo de frente
Se o meu caminho for para onde vais
A encher de luz os meus lugares ausentes

É que eu quero-te tanto
Não saberia não te ter
É que eu quero-te tanto
É sempre mais do que eu te sei dizer
Mil vezes mais do que eu te sei dizer

Por mais que a vida nos agarre assim
Nos dê em troca do que nos roubou
Às vezes fogo e mar, loucura e chão
Ás vezes só a cinza do que sobrou

Eu sei que ainda somos muito mais
Se nos olhamos tão fundo de frente
Se a minha vida for por onde vais
A encher de luz os meus lugares ausentes

É que eu quero-te tanto
Não saberia não te ter
É que eu quero-te tanto
É sempre mais do que eu sei te dizer
Mil vezes mais do que eu te sei dizer
Mafalda Veiga

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Amar


O amor surge quando a gente menos espera...
começa nas coisas mais pequenas
no dia em que, pela primeira vez,
fazemos confidências a alguém...
ou quando ajudamos a quem precisa da gente...
ou quando, mesmo sem palavras,
alguém sabe que sentimentos
está outro alguém sentindo.
É um sentimento feliz
que fica no coração por toda a vida…

domingo, 23 de novembro de 2008

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Só Tu


Pode ser que um dia deixemos de nos falar...
Mas, enquanto houver amizade,
Faremos as pazes de novo.

Pode ser que um dia o tempo passe...
Mas, se a amizade permanecer,
Um de outro se há-de lembrar.

Pode ser que um dia nos afastemos...
Mas, se formos amigos de verdade,
A amizade nos reaproximará.

Pode ser que um dia não mais existamos...
Mas, se ainda sobrar amizade,
Nasceremos de novo, um para o outro.

Pode ser que um dia tudo acabe...
Mas, com a amizade construiremos tudo novamente,
Cada vez de forma diferente.

Sendo único e inesquecível cada momento
Que juntos viveremos e nos lembraremos para sempre.
Há duas formas para viver a sua vida:
Uma é acreditar que não existe milagre.
A outra é acreditar que todas as coisas são um milagre.
Albert Einstein

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Tudo Começa com um Olhar


Quando estiver em dificuldade
E pensar em desistir,
Lembre-se dos obstáculos
Que já superou.
OLHE PARA TRÁS.

Se tropeçar e cair,
levante,
Não fique prostrado,
Esqueça o passado.
OLHE PARA FRENTE.

Ao sentir-se orgulhoso,
Por alguma realização pessoal,
Sonde suas motivações.
OLHE PARA DENTRO.

Antes que o egoísmo o domine,
Enquanto seu coração é sensível,
Socorra aos que o cercam.
OLHE PARA OS LADOS.

Na escalada rumo às altas posições
No afã de concretizar seus sonhos,
Observe se não está pisando em alguem
OLHE PARA BAIXO.

Em todos os momentos da vida,
Seja qual for sua atividade,
Busque a aprovação de Deus!
OLHE PARA CIMA.

"Nunca se afaste de seus sonhos,
pois se eles se forem, você continuara vivendo,
mas terá deixado de existir".
Charles Chaplin

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Recomeçar


Não importa onde você parou...
Em que momento da vida você cansou...
O que importa é que sempre é possível recomeçar.
Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo...
É renovar as esperanças na vida e, o mais
importante...
Acreditar em você de novo.
Sofreu muito neste período?
Foi aprendizado...
Chorou muito?
Foi limpeza da alma...
Ficou com raiva das pessoas?
Foi para perdoá-las um dia...
Sentiu-se só diversas vezes?
É porque fechaste a porta até para os anjos...
Acreditou que tudo estava perdido?
Era o início da tua melhora...
Onde você quer chegar? Ir alto?
Sonhe alto... Queira o melhor do melhor...
Se pensarmos pequeno... Coisas pequenas teremos...
Mas se desejarmos fortemente o melhor e, principalmente, lutarmos pelo melhor...
O melhor vai se instalar em nossa vida.

Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do tamanho da minha altura.
Carlos Drummond de Andrade

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Perdida no Bosque

“Em cada um de nós há um segredo, uma paisagem interior com planícies invioláveis, vales de silêncio e paraísos secretos.” Antoine de Saint-Exupéry

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

"Não há tempo a perder !...."

"Sofremos muito com o pouco que nos falta e gozamos pouco o muito que temos." Já dizia William Shakespeare

Somos seres inquietos que não nos contentamos com o que temos. E... Ainda bem! Se não fosse assim ainda estaríamos a partir pedra… Mas, às vezes esquecemo-nos de gozar realmente o que vamos obtendo.
Quantas vezes nos proporcionam momentos mágicos e não os aproveitamos ao máximo?
Momentos esses, que não vemos porque já temos o olhar distante, em algo que ainda não temos...

Cada dia, cada hora, cada minuto deve ser vivido intensamente, de acordo com os nossos valores e com aquilo que nos faz sentir bem, connosco e com os outros.

"A Minha Vida Sem Mim":


A jovem Ann descobre que está com cancro e tem dois meses de vida. Ela resolve não contar à família, e faz uma lista de coisas que deseja fazer antes de morrer, entre elas visitar o seu pai na prisão, fazer outro homem se apaixonar por ela e gravar mensagens para as suas filhas ouvirem nos seus aniversários.
Uma história de cortar o coração, impossível não chorar, mas impossível também não saíres do filme reflectindo sobre a própria vida: "Não há tempo a perder!...."


domingo, 16 de novembro de 2008

A dor que dói mais


Trancar o dedo numa porta dói, bater com o queixo no chão dói, torcer o tornozelo dói,
um estalo, um soco, um pontapé, doem;
dói bater com a cabeça na esquina da mesa, dói morder a língua...
mas o que mais dói é a saudade.
Saudade de um irmão que está longe. Saudade do mar. Saudade da praia.
Saudade dos pais porque o filho estuda fora.
Saudade do gosto de uma fruta que não se encontra mais...
Saudade do familiar que morreu, do amigo imaginário que nunca existiu....
Saudade de uma cidade.... Saudade de um cheiro...
Saudade de nós mesmos, que o tempo não perdoa....
Doem essas saudades todas.
Mas a saudade mais dolorosa é a saudade de quem se ama.
Saudade da pele, dos beijos...
Saudade da presença, e até da ausência.
Tu podias ficar na sala e ele no quarto, sem se verem, mas sabiam-se lá.
Tu podias ir para o dentista e ele para a faculdade, mas sabiam-se onde.
Tu podias ficar o dia sem vê-lo, ele o dia sem vê-la, mas sabiam-se amanhã.
Saudade é basicamente não saber.
Não saber se ele continua sem fazer a barba porque dá trabalho.
Não saber se ela ainda usa aqueles jeans.
Não saber se ele foi ao médico como prometeu, se tem assistido às aulas;
Se ela aprendeu a estacionar entre dois carros;
Se ele continua a sorrir com aqueles olhinhos apertados;
Se ela continua a dançar daquele jeitinho enlouquecedor;
Se ele continua a jogar playstation;
Se ela continua a chorar quando vê televisão deitada.
Saudade é não saber mesmo!
Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos...
Não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento...
Não saber como frear as lágrimas diante de uma música;
não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche...
Saudade é não querer saber se ele está com outra, e ao mesmo tempo querer...
É não saber se ele está feliz, e ao mesmo tempo perguntar a todos os amigos por isso...
Saudade é isso que senti enquanto estive aqui falando e o que tu...
provavelmente, estas a sentir agora...
Martha Medeiros

Don't You (Forget About Me)

Yellowcard

sábado, 15 de novembro de 2008

agggggggggrrrrrrrrrrrr

Hoje ao colocar etiquetas nos meus sonhos
apaguei 5 posts com a etiqueta " desabafos"
e perdi os comentários respectivos.
Como fazer para recuperar?

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Um Amigo para Sempre


Às vezes na vida,
Você encontra um amigo especial;
Que transforma sua vida simplesmente.
Alguém que faz você rir...
Alguém que faz você acreditar em coisas boas...
Alguém que convence você
De que existe uma porta destrancada
Só esperando para que você abra.
Esta é a Amizade Para Sempre.
Quando você está deprimido
E o mundo parece escuro e vazio,
Seu amigo para sempre anima seu espírito
Fazendo com que aquele mundo escuro e vazio
De repente pareça iluminado e preenchido.
Seu amigo para sempre fica ao seu lado...
Nas horas difíceis, nas horas tristes...
Principalmente nas horas que você está confuso.
Se você virar e for embora...
Seu amigo para sempre o seguirá.
Se você ficar perdido...
Seu amigo para sempre o guiará e o animará.
Te considero um desses amigos...
Um amigo para sempre...